FC Santa Cruz

Derrota no AveCruz e mudança no comando

23/04/2017

O Santa Cruz recebeu o Avenida nos Plátanos neste domingo, 23, pela 11ª rodada do Grupo A da Série A2 do Campeonato Gaúcho. Como no 1º turno, o Avenida levou a melhor. No clássico 115, vitória do Periquito por 1 a 0 diante do Galo. Maurício anotou o único gol, aos 46 minutos do primeiro tempo. O Santa Cruz é o 8º e último, com 11 pontos, no Grupo A. Na próxima rodada, o Santa Cruz encara o Inter-SM no Presidente Vargas, também na quarta-feira, 26. Rafinha terá que cumprir suspensão por ter sido expulso.

O técnico Lúcio Collet teria os retornos do lateral Guilherme Sapé e do zagueiro Marciel, que haviam cumprido suspensão diante do Pelotas. Mas não poderia contar com o meia Alex Goiano e com o centroavante Anderson Catatau, ambos lesionados. Já Fabiano Daitx contaria com o meia Moisés Baiano, suspenso contra o São Gabriel. Recuperado de lesão, volante Márcio Reis estaria à disposição. O zagueiro Rogélio e o atacante William Ribeiro seguiam vetados pelo departamento médico. Nas formações, o Santa Cruz apostava no 4-2-2-2 e o Avenida atuaria no esquema 4-3-2-1.

Já nos instantes iniciais, o lateral Otávio recebeu cartão amarelo por estar com os meiões cortados. Antes da bola rolar, os atletas do Avenida foram orientados que os meiões cortados não seriam permitidos. A primeira finalização foi do Santa Cruz, aos nove minutos. Léo Porto colocou velocidade, passou pela marcação e finalizou. Rodrigo espalmou. O Santa Cruz trocou passes pela direita aos 11 e na tentativa de cruzamento de Léo Porto já na grande área, Luís Henrique afastou para escanteio. O Avenida ameaçou aos 14 minutos. Otávio e Moisés Baiano dividiram na grande área e Hyantony aproveitou a sobra para girar e bater de pé direito. A bola desviou na defesa antes de sair pela linha de fundo.

Já aos 25, Maurício cruzou e a bola desviou em Otávio. Reinaldo dominou e cortou a marcação para concluir. Mas a defesa conseguiu se recuperar para interceptar. Aos 26, Itaqui cobrou falta da direta e Luís Henrique cabeceou na grande área. A bola passou rente à trave. Na marca dos 37, Caio falhou ao tentar afastar e Reinaldo conseguiu finalizar, mas foi bloqueado. No escanteio, Itaqui levantou a bola na área e Reinaldo cabeceou para fora. Já aos 44, Moisés Baiano conduziu pelo meio e soltou a bomba. A bola ganhou altura e não levou perigo a Vandré. Aos 46, o Avenida abriu o placar no Plátanos. Reinaldo tentou uma bicicleta e bola parou no peito de Maurício. O meia arrematou com força, sem chances para Vandré. Festa alviverde na casa do adversário.

No segundo tempo, aos 11 minutos, Geison ganhou de Carlos Eduardo e cruzou. Maurício finalizou na diagonal e Reinaldo não alcançou para completar. O Santa Cruz fez duas alterações aos 12. Allan Cristian e William Campos entraram nas vagas de Otávio e Carlos Eduardo. Já aos 13, após levantamento na área de Evair, Guilherme Sapé cabeceou. Rodrigo defendeu firme. Na sequência, Felipe Tchelé entrou na vaga de Itaqui. Moisés Baiano passou para a lateral direita. E aos 15, Tchelé acionou Reinaldo, que bateu de primeira. Vandré espalmou. E o goleiro pegou mais uma após chute forte de Maurício aos 18 minutos. O Santa Cruz teve um prejuízo aos 27 minutos com a expulsão de Rafinha. O atacante desabou dentro da grande área e ao tentar induzir a marcação do pênalti, recebeu o cartão vermelho.

Aos 30, o Santa Cruz trocou passes e Léo Porto dominou para concluir. Rodrigo saltou no canto direito para defender. Para aproveitar a vantagem numérica, Paulinho Simionato ingressou na vaga de aos 31 minutos. Na marca de 35 minutos, Felipe Tchelé levantou a bola da direita e Paulinho Simionato finalizou desequilibrado. A bola se perdeu pela linha de fundo. No Santa Cruz, Americano entrou no posto de Léo Porto aos 37. Vandré salvou aos 38. Felipe Tchelé cruzou na área e Paulinho Simionato cabeceou. O goleiro teve reflexo para evitar o gol. O Avenida fez a última substituição aos 41 minutos. Tiago Bocão na vaga de Reinaldo. Nos quatro minutos de acréscimo, o Avenida não foi ameaçado e garantiu a vitória diante do Santa Cruz na casa do adversário.

Após a derrota, a direção do Galo decidiu trocar o comando. Assim, Hélio Vieira será o novo técnico do Santa Cruz. Lúcio Collet deixa o clube após 11 jogos na Série A2 do Campeonato Gaúcho. Foram três vitórias, dois empates e seis derrotas. Aproveitamento de apenas 33%.

FICHA TÉCNICA
CAMPEONATO GAÚCHO SÉRIE A2
1ª FASE – GRUPO A – 11ª RODADA

SANTA CRUZ 0 x 1 AVENIDA
Local: Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul
Data: 23/04/2017
Horário: 11 horas
Árbitro: Érico Andrade
Assistentes: Claiton Timm e Cléber Gilmar Flores
Cartões amarelos: Otávio, Gustavo Miranda e Rafinha (Santa Cruz); Toto, Roger, Tiago Bocão e Felipe Tchelé (Avenida)
Cartão vermelho: Rafinha (Santa Cruz)
Gol: Maurício (Avenida) – 46min/1º

SANTA CRUZ: Vandré; Guilherme Sapé, Caio, Gustavo Miranda e Otávio (Allan Cristian); Arthur Santos, Elias, Carlos Eduardo (William Campos) e Evair; Rafinha e Léo Porto (Americano)
Técnico: Lúcio Collet

AVENIDA: Rodrigo; Itaqui (Felipe Tchelé), Luís Henrique, Valença e Roger; Toto (Paulinho Simionato), Reinaldo (Tiago Bocão), Geison, Moisés Baiano e Maurício; Hyantony
Técnico: Fabiano Daitx

Texto: PortalGaz | Foto: Divulgação





Patrocínio Cigha Patrocínio Santa Mídia


SITE OFICIAL
FUTEBOL CLUBE
SANTA CRUZ

Rua Gaspar Silveira Martins, 1448
Fone: (51) 3711-2781
ASSINE A NEWSLETTER

Design por Empório   NF