FC Santa Cruz

Galo vence nos Plátanos e alarga a vantagem na série histórica do clássico

26/01/2012

Mais motivado e aceso no primeiro tempo, e seguro na contenção no segundo, o Santa Cruz traduziu no placar a sua superioridade durante o clássico 107 contra o Avenida na tarde/noite de ontem nos Plátanos. Venceu por 2 a 0, alargou a vantagem na série histórica entre os rivais (63 triunfos a 20) e se recuperou do tropeço na estreia do Gauchão 2012, logo em cima de um adversário que vinha de vitória, de virada, sobre o Internacional, também na primeira rodada.

O Santa Cruz foi melhor durante todo o primeiro tempo e poucas vezes sentiu-se ameaçado pelo ataque do Avenida. A pressão inicial dos donos da casa não demorou a dar resultado. Aos 6 minutos, o goleiro Rodrigo Feijão surpreendeu-se com um cabeceio de Márcio Goiano da entrada da área e mandou a bola para escanteio. Na cobrança, o arqueiro afastou a bola da área e ela caiu para o contragolpe de Edimar. Porém, o meia foi desarmado por Tiago Rannow, que avançou pela esquerda e cruzou para Leonardo fuzilar a rede do Periquito: Galo 1 a 0.

O técnico do Santa teve de mudar o time aos 14 minutos. Por lesão, o zagueiro Robinho deu lugar a Teda. O Galo manteve o domínio das ações do jogo e chegou em condições de ampliar o escore por duas vezes, com Goiano, aos 24, e Creedence, aos 38 minutos. Duas também foram as chances do Periquito durante toda a primeira etapa, mas Leonardo desperdiçou ambas de cabeça.

Antes do intervalo, o técnico Gilmar Iser alterou o meio-campo do Avenida, promovendo o ingresso do articulador Deives Thiago no lugar do volante Carlos Alberto. No retorno para o segundo tempo, mudança no ataque alviverde: saiu Fábio Júnior e ingressou Alex Amado. O Periquito passou a rondar a área alvinegra, mas o Galo se defendeu com firmeza até voltar a encontrar espaços para ir ao ataque.

E o Santa Cruz ampliou aos 16 minutos, a partir da bola parada. Na cobrança de falta pelo flanco esquerdo, Tiago Rannow levantou ela na pequena área e Creedence empurrou para a rede de Feijão: Galo 2 a 0. A partir daí, pela fadiga e novas alterações, as duas equipes diminuíram o ritmo do jogo. O Avenida ainda teve chances de marcar com Anderson Bill e Leonardo, mas a trave e o goleiro Wender garantiram o resultado no final.

GAÚCHÃO – Estádio dos Plátanos, 26/01/2012
SANTA CRUZ 2 X 0 AVENIDA
Santa Cruz: Wender; Mimica, William Thuran e Robinho (Teda); Tiago Rannow, João Neto, Uillian, Cristiano e Márcio Goiano (Vinícius Waldemarca); Leonardo e Creedence (Sidnei). Técnico: Edson Porto.

Avenida: Rodrigo Feijão; Anelka, Anderson Bill, Rafael Morisco e Dudu; Carlos Alberto (Deives Thiago), Juninho Ribeiro (Vinícius), Edimar e Alexandre; Leonardo e Fábio Júnior (Alex Amado). Técnico: Gilmar Iser.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden

Cartões amarelos: Márcio Goiano e Mimica (Santa Cruz); Juninho Ribeiro, Leonardo e Anelka
(Avenida)

Texto: José Carlos Ferreira (Gazeta do Sul). Fotos: Rodrigo Assmann (Gazeta do Sul)

MELHORES MOMENTOS:

FOTOS:




SITE OFICIAL
FUTEBOL CLUBE
SANTA CRUZ

Rua Gaspar Silveira Martins, 1448
Fone: (51) 9 8153-9802
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL


Fatal error: Call to undefined function es_subbox() in /var/www/html/fcsantacruz.com.br/web/wordpress/wp-content/themes/fcsantacruz/footer.php on line 34